Notícias

Mais segurança para as casas de silos com revestimento em basalto

Uma das maiores empresas produtoras de aço do mundo fabrica na Bélgica produtos em aço para diversas aplicações, tais como a indústria automobilística e de construção. A unidade conta com dois altos-fornos, os quais recebem um fluxo constante de coque, material sinterizado e pellets. Anualmente são produzidos 4,8 milhões de toneladas de ferro-gusa.

A Kalenborn trabalha em parceria com a empresa já há algumas décadas. Desta vez, o projeto nos levou ao prédio dos silos. Nesse local, todas as matérias primas são armazenadas em diversos silos de concreto, antes de serem transportadas para os altos-fornos. A partir das casas de silos, as matérias primas são conduzidas por meio de calhas vibratórias até correias transportadoras, para o processamento posterior. O fluxo elevado de material e o alto grau de dureza do material sinterizado e dos pellets geram grande desgaste nas casas de silos - especialmente no cone inferior dos silos. A carga devido a impacto não era tão alta: Na operação normal, as tremonhas são enchidas de forma constante, de maneira que o material novo cai sobre o antigo. Mesmo assim, a vida útil máxima das casas de silos era inferior a nove meses. Os trabalhos de reparo se faziam constantemente necessários para garantir a operação.

O principal objetivo do cliente com o revestimento de proteção contra desgaste era obter uma maior vida útil para o equipamento. A segurança no trabalho também era um fator importante, uma vez que a retirada de operação da casa de silos levava a condições de trabalho perigosas. Assim, o cliente decidiu revestir as seções cônicas das tremonhas com placas de basalto fundido ABRESIST. A montagem foi feita em argamassa de cimento KALFIX. Dessa forma, a vida útil das casas de silos é aumentada em dez anos ou mais na área cônica. Isso aumenta a segurança, melhora a operação do equipamento e reduz consideravelmente os custos de manutenção.